A arquitetura vernacular é considerada por muitos a linguagem arquitetônica mais antiga e uma das mais sustentáveis que conhecemos. Definida por seu caráter regional, prioriza as técnicas construtivas tradicionais e o uso de materiais do próprio local, como é o caso das casas de pau-a-pique, as casas de bambu e as casas de adobe. Essas técnicas tradicionais muitas vezes são passadas de geração em geração e ajudam na criação de uma identidade única para cada região.

Read More