O primeiro edifício do famoso arquiteto polonês Daniel Libeskind na América do Sul, encontra-se hoje em São Paulo. Representando o lado luxuoso da capital paulista, o Vitra está localizado no bairro Itaim Bibi, uma área nobre da cidade e oferecerá 14 apartamentos de luxo com plantas que variam conforme a inclinação do edifício.

© Ana Mello

Apesar da envoltória de pele de vidro, comum em edifício corporativos, o Vitra é um edifício residencial. Com um apartamento por andar e uma cobertura duplex, o projeto se destaca em meio a vizinhança de prédios baixos. Outro destaque se dá pela sua forma angular, característica do trabalho do arquiteto Daniel Libeskind. A envoltória envidraçada é composta por vidros refletivos e de baixa transmissão de calor, permitindo que a visibilidade ocorra do meio interno para o meio externo.

As plantas de cada umas das 14 unidades residenciais são exclusivas e variam de 565 a 1145 metros quadrados. O espaço de lazer do residencial se encontra no térreo, e conta com uma estrutura de spa, academia, lounge e uma piscina.

vitra_daniel_libeskind_arquitete_suas_ideias_07vitra_daniel_libeskind_arquitete_suas_ideias_01

O projeto apresenta alguns aspectos sustentáveis, como a utilização das placas solares de aquecimento de água e o reuso de águas pluviais para irrigação e lavagem de jardins. Com base nessas e em outras soluções, o empreendimento garantiu o selo de Alta Qualidade Ambiental (Aqua). Segundo o arquiteto a torre exprime o otimismo, a cultura vibrante e possibilidades dinâmicas de um povo verdadeiramente pluralista. Mas, apesar da pluralidade do povo, apenas uma pequena parte dele vai poder usufruir do projeto. Enquanto isso, a outra parte vai apenas contemplá-lo da calçada.

vitra_daniel_libeskind_arquitete_suas_ideias_02

Fonte: Architizer    ArcoWeb

Fonte imagens: Archdaily  Libeskind