A cultura oriental possui uma arquitetura bastante característica  e influenciou inúmeras casas ao redor do mundo. Mas, não é apenas na arquitetura que o país se destaca. O paisagismo japonês também é bastante conhecido e difundido por meio do famoso jardim japonês. O trabalho realizado nestes jardins é considerado uma arte milenar no Japão. São famosos por proporcionarem ambientes tranquilos em harmonia com a natureza.

jardim_japones_arquitete_suas_ideias_04

Muitos acreditam que essa arte milenar tenha sido importada da China, na época em que estes espaços representavam o lazer e entretenimento dos nobres. Havia sempre a presença de um lago com uma pequena ilha no centro. Além de proporcionarem entretenimento a essa parte da população, tinham como objetivo a contemplação das mudanças das estações durante o ano.

jardim_japones_arquitete_suas_ideias_05

O jardim japonês é marcado pela presença de um simbolismo em cada elemento. A água por exemplo vem como representante da vitalidade, quase sempre em forma de um lago. Este lago por sua vez conta com a presença das famosas carpas, que são símbolo de prosperidade e fertilidade. Além da água, sempre estão presentes as pedras, que podem representar a família e os seus descendentes, o bambu, que se curva sobre as águas do lago em sinal de reverência, e as árvores e os arbustos que indicam o silêncio.

jardim_japones_arquitete_suas_ideias_03

Outro tipo conhecido do paisagismo japonês é o jardim zen. Trata-se de um jardim onde as pedras e a areia são tratadas como elementos principais. Com um ar minimalista, este jardim traz a areia varrida simbolizando a fluidez das ondas. O jardim zen, diferente do outro caso, não é um local de passeio e sim de meditação e contemplação. Ele transmite a essência da natureza em formas puras e simples.

jardim_japones_arquitete_suas_ideias_01jardim_japones_arquitete_suas_ideias_02

Fonte texto: Info Escola  Arquidicas  Paisagismo Brasil

Fonte imagens: Garden Gates  Arquidicas  Paisarti Hg Decoration BBG