A arquitetura está cada vez mais flexível. Já vimos exemplos de arquitetura mutável por aqui, que são aquelas construções que tem o poder de transformar-se e assumir diferentes formas. Com a ajuda da tecnologia e da matemática, o exemplo que vamos mostrar é mais um inovador projeto que se adapta às condições climáticas.

Casa_adaptável_arquitete_suas_ideias_01

Casa_adaptável_arquitete_suas_ideias_02

A casa intitulada D’Dynamic, é um projeto idealizado pelo escritório D’Haus Company para responder as mudanças climáticas que ocorrem nas quatro estações do ano. Pensada principalmente para cidades onde as estações são bastante extremas (frio intenso no inverno e calor insuportável no verão), a D’Dinamyc procura trazer um conforto térmico ideal para cada situação. É um projeto inovador e totalmente flexível: do dia para a noite o projeto muda totalmente. Isso acontece porque as paredes externas (mais pesadas e espessas) podem a qualquer momento se transformarem em paredes internas e vice-versa, ou seja, as paredes internas de vidro podem vir a compor uma nova fachada da casa, onde portas se tornam janelas e janelas assumem o papel de porta.

Casa_adaptável_arquitete_suas_ideias_05

O projeto tem como vertente principal o aproveitamento ideal da radiação solar, que pode ter um impacto significativo no desempenho e no conforto dos edifícios. Com um bom aproveitamento da energia solar, aproveitamos mais os espaços da casa e economizamos na energia elétrica, podendo evitar o uso de refrigeradores durante o verão, ou aquecer os espaços no inverno. Por isso, a D’Dynamic no inverno encontra-se mais fechada em um formato quadrado com pequenas janelas e uma massa térmica elevada. Quando chega o verão, a casa desabrocha feito uma flor, permitindo a entrada da luz e da ventilação. Além disso, a casa está estrategicamente posicionado de acordo com as orientações solares. Quando encontra-se em um formato de triângulo, os quartos com grandes janelas de vidro formam a fachada sudeste, o que permite assistir ao nascer do sol. Já o pôr-do-sol, o morador pode observar através das janelas da sala e da cozinha, na fachada sudoeste.

Casa_adaptável_arquitete_suas_ideias_04

 

Os arquitetos basearam-se na ideia do matemático inglês Henry Ernest Dudeney para criar as diversas possibilidades de formatos. Dudeney descobriu em 1908 como transformar um quadrado perfeito em um triângulo equilátero dividindo-o em quatro partes distintas. Rearranjando essas quatro partes podemos formar oito diferentes posições partindo do quadrado e chegando ao triângulo equilátero. Portanto, é possível criar oito casas em uma só.

Casa_adaptável_arquitete_suas_ideias_03

Ficou curioso para saber mais? Assista esse vídeo!

Fonte do texto e imagens: Fonte

Você moraria em uma casa que pode se mover? Deixe seu comentário!

E  não esqueça de dar uma mãozinha para o Blog! Ajude e vote, a votação está acabando!

topblog 2015

Clique em votar, depois em “não sou um robô” e finalize votando no Blog.