Acredito que quase todo arquiteto rabisca um projeto antes de realmente começá-lo. No post de hoje uma seleção de trabalhos em forma de desenhos que viraram realidade. Não perca! 

Já escrevi aqui no Blog sobre a morte do papel na arquitetura, mas acho muito importante fazer as primeiras linhas de um projeto a lápis, caneta, giz de cera, carvão ou o que você preferir. O arquiteto pensa desenhando e desenha para pensar.

Abaixo uma lista de projetos que saíram do papel e ainda dois projetos bônus que são mundialmente reconhecidos. Aproveite e deixe nos comentários sua opinião e diga qual é seu projeto preferido!

Huginn&Muninn Sauna (2012)
Piacenza, Itália
Projetado por Atelier Forte

IAC (2007)
New York, USA
Projetado por Frank Gehry
Imagem: Vanity Fair
Foto: Turner Construction

Astrup Fearnley Museum (2012)
Oslo, Noruega
Projetado por Renzo Piano
Imagem: Architectural Digest
Foto © Nic Lehoux

Iporanga House (2006)
Iporanga, Brasil
Projetada por Nitsche Arquitectos Associados

Turbulence House (2005)
New Mexico, USA
Proejado por Steven Holl
Imagem: Steven Holl

Apple Store Fifth Avenue (2006) New York, USA

Projetado por Bohlin Cywinski Jackson

Disney Hall (2003)
Los Angeles, USA
Projetdo de Frank Gehry
Imagem: Arcspace
Foto: Anglonautes

Villa Amazni (2008)
Phuket, Tailândia
Projetado por Original Vision

Summer Cabin 4:12 (2002) Ingarö, Suécia

Projetada por Imanna Arkitekter

Holmes Point Residence (em construção)
Washington, USA
Projetado por Leah Martin

Projetos bônus!

Solomon R. Guggenheim Museum (1959)
New York, USA
Projeto de Frank Lloyd Wright
Imagem: Architecture Wright Guggenheim 
Foto: A View On Cities

Fallingwater (1937)
Pennsylvania, USA
Precisa falar quem projetou? Ok, projeto de um tal de Frank Lloyd Wright
Imagem: Delmars
Foto:Smithsonian Magazine

Fonte: Architizer

 

Leia também:

O dilema de Niemeyer na funcionalidade de suas obras

Muito mais do que arquitetura e fachadismo

Urban Sketchers

 

↓↓↓  Não esqueça de classificar este post!!!